A importância do brincar na infância

O Conta Pra Elas está ampliando suas maneiras e visões de compartilhamento e hoje eu tenho a alegria de apresentar pra vocês uma colunista que anunciou essa semana que é a mamãe mais fresca do pedaço, a Kelley está grávida e em breve ela e Pedro (seu esposo) desfrutarão na prática o que já sabem na teoria devido suas profissões a respeito do universo infantil, como primeiro texto da Kelley Jardim, escolhemos que ela nos contasse sobre a importância do brincar na infância.

Psicóloga que tem sempre uma riqueza pra compartilhar sobre o universo familiar, a Kelley com certeza tem muito a nos acrescentar… Concentre, respire e boa leitura!

é importante brincar
Kelley e Pedro anunciaram a gravidez com essa foto linda.

Alguém comentou que estava pensando em tirar o filho de quase quatro anos da escolinha do bairro e colocá-lo numa escola maior, a fim de prepará-lo melhor para enfrentar o mercado de trabalho. Logo questionei: uma criança, com menos de 4 anos de idade, preparando o seu currículo profissional?

Especialmente nas grandes cidades, há um forte apelo para que as crianças estejam engajadas em atividades formais cada vez mais precocemente. Estas, por sua vez, frequentemente as expõe a condições estressoras, que produzem mau-estar físico e psíquico e disparam comportamentos ansiosos, inquietos, aflitos, angustiados e um estado afetivo penoso.

é importante brincar

É preciso esclarecer que atividades informais, não-estruturadas, como desenhar, brincar e jogar, também estão a favor do desenvolvimento saudável das crianças. Embora possa parecer despretensioso demais aos olhos dos adultos, brincar de “faz de conta”, por exemplo, é um recurso importante de elaboração das situações que a criança vivencia. E atenção: crianças que não brincam estão mais suscetíveis ao adoecimento físico e psíquico!

Sei que muitos pais (e outros cuidadores) inserem os filhos em várias atividades com a melhor das intenções, como forma de zelar pelo futuro dos filhos. Outras vezes, ainda, colocam as crianças em várias atividades para conseguirem cumprir com os seus compromissos. É tranquilizador saber que, enquanto você trabalha, seu filho estará o dia todo ocupado, assistido por profissionais.

é importante brincar

Considerando a importância do brincar na infância, fique atenta as seguintes dicas na hora de decidir o local e as atividades que matriculará seu filho (a):

  • Procure saber se as instituições em que seu filho está inserido encorajam as atividades lúdicas;
  • Invista em tempo de qualidade com o seu filho (mesmo que você tenha apenas 30 minutos à noite);
  • Brinque com o seu filho! Além de ser uma forma de cultivar o relacionamento de vocês, você vai descobrir o que ele está aprendendo e como ele integra a experiência atual ao que ele já aprendeu.

A importância do brincar na infância é um assunto muito rico, não é mesmo?!

curso online

Acredito que a Kelley tem tanto conhecimento pra compartilhar conosco aqui, se esse primeiro texto já foi útil a você, deixe um recadinho pra ela encorajando-a. Se quiser já sugerir um tema para a nossa psicóloga, fique a vontade!

BAIXE GRÁTIS NOSSO E-BOOK “CONSTRUINDO UM TRABALHO COM AGENDA FLEXÍVEL” CLIQUE AQUI!

Compartilhe esse post

2 comentários em “A importância do brincar na infância”

  1. Legal por demais o texto. Parabéns pelo baby Kelly.
    Brinco com o meu pequeno desde o primeiro mês de vida e vejo como as brincadeiras o fez interagir conosco rapidamente. Não abro mão de um cesto de brinquedos na sala para que possamos sentar ao chão com ele e desenvolver esse momento lúdico. Hoje com 5 meses, quase 6, é uma lindeza ele, nós e seus brinquedos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ebook gratuito

Nathália Machado.

o Conta Pra Elas é como um diário pra que compartilhe com você minhas descobertas, conquistas e dicas.

Últimas postagens